Ocorreu um erro neste dispositivo

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Dia baço




Um dia baço, mas não frio...
Um dia como
Se não tivesse paciência pra ser dia,
E só num assomo,
Num ímpeto vazio,
De dever, mas com ironia,
Se desse luz a um dia enfim

Igual a mim,
Ou então
Ao meu coração,
Um coração vazio,
Não de emoção
Mas de buscar, enfim -
Um coração baço mas não frio.

Fernando Pessoa - 18-03-1935