sábado, 25 de junho de 2011



Flores encantam,
 mas fenecem...

E é das raízes fundas e escuras
que brota sempre o gérmen da vida:

o AMOR!