quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Palavras velhas...


Quando as palavras velhas nos morrem na língua,
melodias novas nos brotam do coração...

Rabindranath Tagore [1861-1941]