sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Rosas desapontadas...


«Ninguém ainda vos cativou, nem cativastes ninguém».
(disse o Princepezinho)

E as rosas estavam desapontadas.

- Sois belas, mas vazias: não se pode morrer por vós.
Qualquer transeunte pensaria que a minha rosa se parece convosco.
Ela sozinha é porém mais importante que vós todas, pois foi a ela
que eu reguei.
É a minha rosa.

Saint Exupéry