domingo, 22 de abril de 2012

O paganismo, as heresias e o mito


Adentro do paganismo não há heresias. Pode haver ateísmo só.
A religião cristã é essencialmente dogmática, no sentido de que tem princípios assentes, aos quais o crente tem, dentro de estreitos limites, que subordinar-se.
No paganismo não é assim. A sua acção imaginativa criadora não se sente presa. Pode inventar um belo mito,que,se na verdade for belo ou insinuante, entrará na religião. Tão humana comunhão com a vida dos deuses
não é possível no cristianismo. O cristão católico tem a liberdade de inventar aparecimentos de Maria a este ou àquele, mas há severos limites às suas faculdades mitopeicas.

*
*O termo "mito" tem dois sentidos. Há o mito que é dado como história e há o mito que é dado como fábula. O grego que inventa determinado detalhe da vida de determinado deus faz o mito fábula.
Assim o pagão é criador consciente dos seus deuses, enquanto o cristão o é inconscientemente, e como sem querer.


Fernando Pessoa, À procura da verdade oculta