Ocorreu um erro neste dispositivo

sábado, 21 de julho de 2012

Pátria...


Flor desenhada no jardim suspenso
Que gravita no céu.
É uma pinta de terra colorida;
Uma rosa de eterna despedida
Que só vive da vida
De cada devotado jardineiro.
Se desmaia no mapa, ressequida,
Tem de ser mais regada no canteiro.

Miguel Torga. 1949