Ocorreu um erro neste dispositivo

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Na terra de um bêbedo...



Os bêbedos -  José Malhoa

Uma das muitas experiências de viagens a outros planetas - mundos do Pequeno Príncipe, narradas ao aviador encontrado do no deserto do Sahara:

«O planeta seguinte era habitado por um bêbado. Essa visita foi muito curta, mas lançou o principezinho numa grande melancolia:
- O que fazes aí? perguntou ao bêbado que encontrou abancado diante de uma colecção de garrafas vazia e de uma colecção de garrafas cheias.
- Bebo, respondeu o bêbado com ar lúgubre.
- Porque é que bebes? perguntou-lhe o principezinho.
- Para esquecer, respondeu o bêbado.
- Para esquecer o quê?, inquiriu o principezinho que já estava a ficar com pena dele.
- Para esquecer a minha vergonha, confessou o bêbado, baixando a cabeça.
- Vergonha de quê? informou-se o principezinho, no desejo de lhe valer.
- Vergonha de beber! concluiu o bêbado, refugiando-se definitivamente no silêncio.
 E o principezinho foi-se embora, perplexo.
  Não há dúvida que as pessoas crescidas são muitíssimo esquisitas, dizia para consigo, durante a viagem.»
Antoine de Saint-Exupéry, O Principezinho