Ocorreu um erro neste dispositivo

domingo, 10 de fevereiro de 2013

Chuva...


«O mal, como as crianças, existe na terra.»
Dizes isso de forma tranquila,
enquanto os teus olhos perscrutam a noite.
Por este tempo que tudo destrói, 
 estás então tão preocupado 
que eu nada vejo do teu sofrimento,
 a tua tranquilidade é quase malvada  - 
e  a água que cai entre nós 
cai entre nós como num buraco?

Paul Éluard, in Le rire d' un autre(tradução)