quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Curto espaço...


Neste curto espaço entre nós e a morte
tão mal gastamos nossa longa despedida!

......................................................

Neste curto espaço entre nós e a morte,
onde me vais perdendo,
onde te vou buscando,
nosso amor se vai embora alimentando
de despedida;

não porque morra o tempo em teus braços,
mas a vida.

Vítor Matos e Sá , in Horizonte dos Dias