terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Indeciso entre as rosas da noite...


I
Indeciso entre as rosas e a noite
Seu corpo era uma história por contar.
Lira, abandonou-se em meus cabelos,
Pediu-me um som para poder vibrar.

Dei-lhe a sonoridade pressentida
No mar que às montanhas se recusa.
E soltou-se: ave conseguida
Do sangue de Medusa.

[...]

Natália Correia, in Dimensão Encontrada