Ocorreu um erro neste dispositivo

domingo, 9 de junho de 2013


Aldo Luongo   


« Quarta, 3 de Junho.

Invade-me a infinita tristeza da existência, o tédio infinito da vida, dos homens e das coisas. 
Tudo é de uma instabilidade asquerosa!
Se eu pudesse ao menos - ser alegre e abafar no ruído este aborrecimento sem fim!  
Às vezes lamento-me de não ter nascido estúpido, muito estúpido, como a estupidez.»

Manuel Laranjeira, Diário Ìntimo -1908