Ocorreu um erro neste dispositivo

domingo, 14 de julho de 2013

O mar


Um ser único, sem sangue.
Uma só carícia, morte ou rosa.
Vem o mar e junta as nossas vidas
e sozinho investe e reparte-se e canta
na noite no dia no homem na criatura.
A essência: fogo e frio: movimento.

Pablo Neruda, Plenos Poderes