terça-feira, 19 de novembro de 2013

Viúvas na praia...


Neste mesmo local, 
de olhos postos no mar,
 - quantas mulheres de Portugal
se vieram sentar? 

Quantas e quantas gerações aqui vieram
até à presente geração, 
que lutaram, pescaram e comeram
sardinha com pão.

Neste mesmo local,
de olhos cansados pousados no mar,
ai quantas, quantas mulheres do litoral
se vieram sentar...

Manhãs de tempestades despertaram,
homens e homens partiram, 
mulheres enviuvaram
e de negro se vestiram.

E como prémio tiveram, 
tiveram como pensão, 
algumas frases piedosas que lhes deram
e nem sardinha com pão, nem sardinha com pão.

Sidónio Muralha - Companheira dos Homens (1950)
in Poemas (1971)