domingo, 25 de setembro de 2011

Marinha - I

Pintura de Volengov

Do coração faço um remo.
da solidão faço um mar.
E do teu sorriso terno
a rede que hei-de lançar.

Trarei peixe? desengano?
ferida aberta? cicatriz?
- Não sei quem és. Sei que te amo!
Não sei quem sou. Sou feliz!

António Luís Moita, Teoria do Girassol