segunda-feira, 16 de abril de 2012

Toucado...


Touquei com rosas o Silêncio
E ouvi na distância a melodia

Alonguei no tempo a cedência 
Das horas vividas ao reboque
Da Ilusão

Contemplei máscaras de sons 
Sob o ouro antigo do teu olhar
Luminoso e doce

Por fim enriqueci-me de pérolas
De espanto
E bailei no vento
Num cansaço de pranto.

Alexandra Reis