sexta-feira, 4 de maio de 2012

"AI!"...


Ai!
O grito deixa no vento
uma sombra de cipreste.

(Deixai-me neste campo 
chorando.)

Tudo se perdeu no mundo.
Não ficou mais que o silêncio.

(Deixai-me neste campo
chorando.)

O horizonte sem luz
está mordido de fogueiras.

( Já vos disse que me deixeis
neste campo
chorando.)

Frederico García Lorca