sábado, 2 de junho de 2012

O Ser, a Morte, o Nada...



[...] H. Stirling diz que o que nem Huxley nem ninguém mede é o abismo entre a vida e a morte... Mas o abismo não é aí; o problema essencial não é o da vida e da morte; é o da consciência e da Inconsciência - ou da passagem, ao que concebido ou não, real ou não, de uma para a outra. Materialmente considerando, nada mais simples do que a morte,

Fernando Pessoa (texto provavelmente de 1912)