sexta-feira, 6 de maio de 2011

malmequer orvalhado



Um pobre malmequer orvalhado pela chuva do Tempo

Prometera a si mesmo enfrentar mais um Temporal...

Sem a ninguém desprezar

Sem a ninguém fazer mal...

Sentidamente
Simplesmente
Lucidamente...

Ver o Sol brilhar

Resplandecente sobre o Mar...

E
Num sopro doce
Apenas
Fenecer.