terça-feira, 14 de junho de 2011

Canção da tarde


Canta, canção!

Caindo a tarde,
É que mais longa, pela estrada,
Se estira a sombra, recortada
Na extrema glória
Em que o sol arde...

E a longa, vária, obscura história
Que a sombra escreve nesse chão!

Canta, canção!

[...]

José Régio, Mas Deus é Grande