sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Garganta da noite




Um sentimento se estrangulou e persistiu.
Ninguém o viu..Era só sombra.

A agonia estacou. Não fugiu.

Longa é a noite. Duro o caminho.
A desolação perdura. É essa a sombra
Estirada pelo chão...devagarinho.

Estranha sensação de solidão
Nas ruas da cidade.

Aliete Maria