terça-feira, 3 de maio de 2011

Ardendo...




Hoje acordei a desejar-te
Intensamente...
Nem sei porquê
Nem sei que me deu.
Apeteceu-me ligar-te
E não o fiz.

Porque não quis?...
Vencer o enleio
Quebrar o silêncio
Exige força
E não sentir receio...

Palpitante, anelante,
Assim me senti
Naquela hora...
Lamentando embora
Não estar perto de ti...

Entanto sei
Que não me queres
Como te quero...

A vida corre...
Eu amo e espero.

*07.03.010*